Governo de Pernambuco estendeu a quarentena [Coronavírus]

Prorrogadas as medidas isolamento social para o enfrentamento da Pandemia COVID-19 pelo governador Paulo Câmara.

Através do Decreto Nº 48.973, com o objetivo de intensificar ações restritivas temporárias adicionais adotadas até então para o enfrentamento da emergência de saúde pública, as seguintes medidas foram tomadas : - Comércio: suspenso até 15 de maio - Aulas nas Escolas, Universidades e demais Estabelecimentos de Ensino: suspensos até 31 de maio - Praias, Calçadão e Parques: vedado acesso até o dia 15 de maio - Serviços de Assistência Técnica de eletrodomésticos e Informática: Liberados - Fernando de Noronha: quarentena até 10 de maio

Os Serviços Essenciais permanecem funcionando, dentro dos limites previstos, são eles: - Supermercados - Padarias - Mercados - Lojas de Conveniência - Feiras Livres - Lojas de Defensivos e Insumos Agrícolas - Farmácias - Lojas de Produtos Médico-Hospitalares - Postos de Gasolina - Bancos e Lotéricas - Depósitos de Gás, dentre outros.

Obrigatoriedade uso de máscara

Desde 23 de abril Paulo Câmara assinou o Decreto Nº 48.969 que estabeleceu a obrigatoriedade do uso de máscara para o exercício de atividade essencial no período de enfrentamento da pandemia decorrente do coronavírus. E ficou recomendado o uso de máscara pela população em geral, em Pernambuco, quando tenham de sair de casa e circular pelas vias públicas para exercer atividades ou adquirir produtos ou serviços essenciais, principalmente quando utilizarem do transporte público.

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo