[6 coisas para começar a EXPORTAR]

Dessa vez, vou mostrar 6 coisas que você precisa fazer para sua empresa começar a exportar.


Você é atacadista, varejista, industrial?

Sabia que o melhor momento para exportar é agora?


Existem diversas vantagens em exportar:

  • Não depender apenas do mercado interno e estar vulnerável às possíveis crises econômicas, expandindo assim o seu mercado.

  • Desoneração tributária de PIS, COFINS, IPI e ICMS, inclusive no SIMPLES Nacional.

  • Maior qualificação dos produtos e inovação para um mercado mais competitivo e público mais exigente.

  • Várias opções de financiamento, com linhas de crédito especiais para exportação.

  • Melhoria da imagem da empresa com produtos “Tipo Exportação”.

  • Maior lucratividade com ganhos cambiais na elevação da taxa de câmbio.

Vou dizer apenas 6 coisas que sua empresa precisa fazer para começar a exportar:


1. Estar habilitado no RADAR da Receita Federal para poder operar no SISCOMEX (Sistema de Comércio Exterior) da Receita Federal.


2. Ter Inscrição Estadual ativa para emitir Nota Fiscal (DANFe) de venda ao exterior.

Em regra geral, não tem como pessoa física realizar operações de comercialização, sem emitir NF, principalmente na exportação.


3. Elaborar uma estratégia integrada: é fazer uma análise de países mercado alvo e definir quais produtos pretende vender no exterior, analisar as adequações necessárias tanto às mercadorias como a embalagem, e obter um estudo logístico. Para isso, é necessário um estudo sobre o país, seus hábitos, costumes, mercado e concorrência.


4. Levantamento de despesas para exportar, formar o preço de venda considerando as desonerações tributárias.


5. Prospectar clientes compradores no exterior.

Conectar-se com compradores internacionais é a parte mais complicada, principalmente nesse tempo de isolamento social, no mundo inteiro. Pois não é recomendável participar de feiras internacionais ou missões empresariais no exterior, por enquanto inclusive vários eventos foram cancelados.


Porém tem solução, você pode:

  • Contratar consultores, representantes e agentes comerciais no exterior.

  • Se aproximar tradings comerciais exportadoras que muitas vezes tem demandas prontas de potenciais clientes internacionais.

  • Participar das ações de promoção comercial por meio das diversas entidades de apoio à exportação.

  • Expor suas mercadorias em algumas das vitrines de exportadores.


É interessante também ter conhecimento em outra língua, preferencialmente o inglês e espanhol, mas não é um limitador, pois existem diversas plataformas de tradução que funcionam muito bem.


6. Contratar um bom Despachante Aduaneiro para estar ao seu lado nesse momento de preparação inicial e descomplicar o desembaraço aduaneiro da exportação.



Se gostou, então se inscreva no nosso canal Ribeiro Despachante Aduaneiro https://www.youtube.com/channel/UCZiVz8S7a78h8F5Qdq9Hg1w, pois sigo no compromisso de compartilhar com você, conteúdos importantes que vão ajudar a sua empresa a expandir novos horizontes do comércio internacional.


Conte comigo!


Edmilton Ribeiro

Despachante Aduaneiro

@ribeiroaduaneiro


136 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo